A criança ficou internada 41 dias em estado grave, mas conseguiu se recuperar após receber todos os cuidados no hospital

Foto: Divulgação

A pequena Joyce Batista Ferreira, 5 anos, foi a primeira paciente a ser atendida e internada na recém-inaugurada Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), localizado no município de Uruaçu. O quadro da criança era extremamente delicado, pois quando chegou ao complexo estava com pneumonia grave bilateral, que gerou uma série de complicações. Contudo, após receber todos os cuidados necessários, ela se recuperou.


“Veio de Goianésia, cidade a 100 km de Uruaçu, e chegou no hospital com um quadro de pneumonia grave bilateral, sendo que já tinha um dreno torácico e teve complicações na drenagem. A paciente já chegou aqui em choque séptico”, relata o diretor técnico e cirurgião geral, Virgílio Cardoso Moreno, que foi um dos profissionais responsáveis pela recuperação de Joyce.


Mesmo sendo residente de outra cidade, a criança foi regulada para o HCN. Segundo o médico, o empenho da equipe do complexo para dar a assistência necessária à Joyce foi grande. Ele destaca, inclusive, que foi antecipado o funcionamento da UTI Pediátrica. “Montamos uma estrutura e a programação de inauguração desse espaço no hospital foi antecipada em quase um mês”, relata Moreno.


O diretor técnico explica que a criança ficou intubada vários dias com insuficiência renal grave e teve uma fístula broncopleural. Entre muitos procedimentos, foi necessário drenar o tórax novamente, até o quadro evoluir bem. Para a recuperação total da pequena, também foi preciso a administração de antibióticos. Com todos os cuidados necessários, após 41 dias de internação, a paciente recebeu alta.

“Após a montagem da UTI, ela recebeu suportes intensivos. Foi assistida por toda a equipe multiprofissional, com médicos, enfermeiros, entre outros, tendo todos os cuidados. O quadro dela era tão grave que quase evoluiu para hemodiálise, mas com toda a atenção e os procedimentos necessários a criança apresentou boa recuperação”, reforça o médico, destacando que a UTI Pediátrica do HCN é um grande avanço para a saúde da população da região e de cidades do entorno.

Estrutura necessária


O diretor assistencial do hospital, João Batista da Cunha, reforça que a unidade está preparada para dar assistência em casos de pacientes graves. Ele explica que o HCN tem equipe, estrutura, insumos e a tecnologia de saúde necessária para situações de maior complexidade, como foi o caso da pequena Joyce.


Getro de Oliveira Pádua, diretor-geral do Imed, organização social que administra o HCN, complementa: “Buscamos sempre aprimorar nossas tecnologias, reforçar equipes com profissionais altamente qualificados, entre outras iniciativas. Pensamos sempre em dar todo o suporte necessário aos pacientes”.

Outro diferencial


Além de toda assistência e estrutura hospitalar necessárias, houve outro ponto fundamental para a recuperação da pequena, que foi o atendimento humanizado, envolvendo a atenção familiar. “Essa foi uma iniciativa, desenvolvida pela equipe assistencial durante a internação, que foi crucial para o tratamento. Tivemos muitos treinamentos e a mãe sempre esteve ao lado da filha, apoiando e interagindo muito com os profissionais”, revela Marcelo Ramos, gerente de enfermagem da unidade.

Ele completa: “A presença dos pais ou responsáveis traz muita segurança para uma criança hospitalizada. Desta forma, o cuidado deve estar voltado não só para o paciente, mas deve considerar também o familiar. A equipe multiprofissional deve estar atenta aos sentimentos enfrentados pelos familiares durante o período de internação”, ressalta.

Agradecimento


Para a mãe da pequena Joyce, Juliana Ferreira, o sentimento em relação a todos os colaboradores do HCN é de muita gratidão. “Minha filha e eu fomos muito bem acolhidas na unidade. Meus sinceros agradecimentos às equipes, de todos os setores, desde os profissionais da saúde até os que atuam na limpeza. Muito obrigado”, finaliza ela, feliz por estar com a pequena em casa.

Assessoria de Comunicação:
Wandy Ribeiro
E-mail: wandyribeiro@ecco.inf.br

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content