Isabela e Isadora foram transportadas de Formosa para Uruaçu com apoio do Corpo de Bombeiros e do SAMU

equipe da uti neonatal HCN com Cristiane e as gêmeas Isabela e Isadora

O Hospital Estadual de Formosa (HEF) recebeu a paciente Cristiane Rodrigues, de 23 anos, em 30 de agosto de 2022. Grávida de gêmeas e em trabalho de parto, ela foi prontamente atendida pelas equipes assistencial e médica e encaminhada para o Centro-Obstétrico da unidade. Após cesárea, foi constatado que as recém-nascidas Isabela e Isadora precisariam de atendimento especializado de alta complexidade.

Imediatamente, a equipe do HEF se mobilizou e realizou uma operação conjunta com o Hospital Estadual Centro-Norte Goiano (HCN) – referência nesse tipo de atendimento – com o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros de Goiás. A ação foi realizada para transporte e transferência de das recém-nascidas para internação e cuidados em UTI Neonatal.

Isadora foi encaminhada com o apoio da SAMU via terrestre, bem como a mãe Cristiane, e Isabela, com um quadro clínico geral mais delicado, foi transferida com auxílio da aeronave do Corpo de Bombeiros, que partiu do aeroporto de Formosa e foi até Uruaçu. As três pacientes foram recepcionadas e atendidas pela equipe multidisciplinar do HCN.

“Não medimos esforços para auxiliar a paciente e suas filhas. Agimos de maneira rápida para garantir a integridade, a saúde e o bem-estar de todas. A parceria com o HCN, SAMU e Corpo de Bombeiros foi fundamental”, afirma Ana Brito, diretora do Hospital Estadual de Formosa.

Com apoio da equipe e acompanhamento especializado diário, as gêmeas evoluíram positivamente o quadro clínico e apresentaram boa recuperação e ganho de peso. Após 12 dias de internação, elas receberam alta neste domingo (11) e puderam voltar para Vila Boa de Goiás, município de origem de Cristiane, já em aleitamento materno e recebendo todos os nutrientes necessários para continuarem saudáveis.

“Apesar da situação delicada, foi tudo muito tranquilo. Os profissionais das duas unidades fizeram absolutamente tudo por nós, desde o parto, até transferência e cuidados com as meninas”, afirmou Cristiane.

“É muito gratificante fazer parte da história dessa família. Foi uma mobilização conjunta que envolveu inúmeros profissionais. A alta de Cristiane e suas filhas mostra que a união realmente faz a força e a diferença na vida das pessoas”, finaliza João Batista Cunha, diretor assistencial do HCN.

Assessoria de Comunicação

Ana Luiza Tanno

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.